Teatro e Marionetas de Mandrágora - [Oficial PT]
Teatro de Sombras - Histórias com Sombra


exposições

Exposição "Máscaras Teatrais"


2016

sinopse

Uma segunda pele, um segundo rosto, um símbolo que cobre e que veste o ator; a máscara, esconde e amplia o que revela.
Ao longo de diversos anos e inúmeras criações, o Teatro e Marionetas de Mandrágora tem vindo a explorar a máscara como uma ampla forma de aproximação ao personagem simbólico num percurso que nos aproxima à marioneta.

A máscara é um profundo símbolo que cobre o ator para o transformar numa escultura em movimento, que nos leva a reconhecer o seu significado nesta dinâmica entre movimento do homem e escultura da figura. Integrando diferentes formas e modos de conceção, a máscara serve a narrativa do espetáculo ampliando a dimensão plástica, estética e dramatúrgica da cena teatral.

As máscaras criadas pela Companhia desde 2002 apontam os caminhos que fomos percorrendo. Máscaras homens, máscaras criaturas, máscaras deuses, criados em papel, pastas de modelar, resinas, poliestireno, ... pequenas máscaras, grandes máscaras, tradicionais ou contemporâneas, um conjunto de possibilidades que faz parte da interpretação do ator.

Ao usar uma máscara algo se esconde de nós mesmos, mas da personagem faz saltar um enorme conjunto de novos movimentos e ações. O poder da máscara faz o ator recriar-se em cena, a máscara comanda, dirige e recria levando o espetador a acreditar no ser impossível que esta forma de apropriação teatral consegue cria.

resumo histórico

"Exposição "Máscaras Teatrais"" foi realizado 1 vezes em 1 locais distintos para um público de 5000 espetadores....